Segunda-feira, 27 de Abril de 2009

Inveja...uma coisa muito feia!

O que me levou a postar um artigo sobre inveja? É o facto de estarmos sempre a ser “alvejados” por palavras menos sinceras, olhares picados...
 
É uma pena que não saibamos ficar felizes com as pequenas conquistas daqueles que conhecemos, não sabermos alegrarmo-nos com o sucesso das pessoas que nos são/estão próximas...
 
Dá-se importância na vida ao que de menos importante existe: a aparência!!
 
Eu gosto de observar o “movimento” das pessoas, a forma como olham, como falam, como reagem...E talvez por isso em vez de ficar chateada, fico com vontade de rir das pequenas amostras de gente mesquinha que vejo quase diariamente...
Irrita-me quando passa para o nível do meu filho! Opa ouvir comparações e ainda fazer parecer que é uma má companhia....dá-me a volta ao estômago...ahhhh mas deixo! O meu filho é boa companhia tanto para miúdos como para graúdos e é um miúdo bem feliz que é o que me interessa! E com pena vejo que quem poderia brincar com ele e serem bons amigos, está proibido de fazê-lo e fica triste a ver da varanda o meu pequeno a jogar á bola ou a treinar as voltas de bicicleta para os saltos...
 
Todos nós temos um elevado número de opções por onde decidimos o rumo a seguir, quase todos nós somos muito limitados nesta visão e isso faz com que tenhamos muitas vezes uma vida “pobre”, sempre na mesma linha, as mesmas satisfações e também as mesmas insatisfações...
 
Nestes últimos domingos tenho ido fazer uns passeios por percursos pedestres, e tanto eu como a minha amiga temos feito alguns convites, mas as respostas são sempre negativas, “não tenho ténis” “já vesti a roupa de domingo” “tenho de ir ás compras” “não tenho calçado” etc...Eu e a minha amiga enquanto vamos falando disto ainda nos fartamos de rir com as desculpas esfarrapadas, mas dá que pensar, as pessoas que se lamentam nunca fazer nada de diferente recusam mudar a rotina....porquê??? Por opção!
 
Viajando pelo Hi5, Myspace ou parecidos vimos que as pessoas têm amigos ás centenas, mandam beijos, abraços e dizem que se amam muito....passamos para a realidade e o mundo é bem diferente! As pessoas nem “bom dia” ou “boa tarde” dizem! Todos parecemos invisíveis ou se visíveis é para maldizer...para mim isto só tem um significado: pessoas ocas!!! A nossa sociedade vive de aparências. Podem ter que ficar a dever a roupa, podem ter que ficar a dever o corte de cabelo, mas a aparência tem de estar ao mais alto nível, senão....
 
Porque não sabemos encontrar nas coisas simples da vida a maior riqueza? A família, os amigos, uma manhã na praia, uma tarde no jardim, um passeio pela mata, as flores do campo, um sorriso, um gesto de carinho,...tantas coisas! Mas há tanta gente insatisfeita ...pensam que ser felizes quando os outros estiverem abaixo de si mesma, então constantemente criam mau ambiente, dizem coisas que servem para magoar (mesmo que aparentemente inocentes), dizem-nos o que os outros estão a dizer de nós (dando mais um bocadinho de picante á coisa) E nós se não soubermos filtrar esta informação somos afectados por ondas de mau estar e desagrado, damos precisamente o que era desejado pelo amigo da onça que temos. Por vezes é dificil saber distinguir, perdemo-nos em palavras que nos magoam e permitimos que esta onda de energia negativa cresça mais e mais, ficamos enfraquecidos e tudo parece querer desabar sobre nós, se não formos fortes o suficiente para analisar de forma mais neutra o que se está a passar na nossa vida podemos demorar meses ou anos a restabelecer a energia positiva, a força e a alegria que fazia parte da nossa natureza. Por isso estejamos atentos, “cair” faz parte da vida, mas que saibamos analisar a razão da queda, podemos aprender muito com as “quedas” e sairmos ainda mais fortes!! Eu até sinto as rasteiras, muitas! Ás vezes caio, outras gasto energia para as ultrapassar e outras vezes consigo achar-lhes uma certa piada mas passo o mais rápido que posso. Pena é que isto seja constante!
 

Fiquem bem

publicado por Sancha às 19:33

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

Inveja

  

“Quando a nossa vida profissional, pessoal e sentimental corre bem, o aspecto e a forma como nos mostramos irradia uma carga positiva muito grande.
Naturalmente, o nosso “astral” está em alta e isso passa uma mensagem para quem connosco convive, que pode ser uma faca de dois gumes. Os nossos verdadeiros amigos sentem-se felizes por verem a nossa vida correr bem. Os outros, aqueles que não conseguem alcançar os seus objectivos, que são fracassados, ou que pura e simplesmente não gostam de nós, são “atacados” pelo mal da inveja.
......
A inveja é um dos sentimentos mais torpes e difíceis de serem eliminados da alma humana. Trata-se de um dos vícios que mais sofrimento causa à humanidade. Onde houver apego à materialidade das coisas aí estará a inveja. Basta alguém se destacar em qualquer área, por mais ínfima que seja e lá estará o invejoso pronto para apontar o dedo e tentar minimizar o feito do seu próximo. Uma roupa diferente, um calçado da moda ou mesmo uns simples brincos ou pulseira torna-se motivo para elogios, nem sempre sinceros.  
 
Segundo o dicionário, inveja significa: Desgosto ou pesar pelo bem ou pela felicidade de outrem ou desejo extremado de possuir o bem alheio.
 
Basta uma pessoa atingir algum sucesso ou estar feliz, para ter alguém a invejá-la.
Outro exemplo clássico é a inveja profissional. A inveja é sintoma de incompetência.Para que um olho não invejasse o outro, Deus colocou o nariz no meio.
 
Quando alguém se sobressai, a inveja é a primeira a dar os parabéns; A força da sua inveja é a velocidade do meu sucesso.
 
O invejoso presta muito atenção ao que os outros fazem ou deixam de fazer – para falar mal de tudo e de todos e por todo e qualquer motivo. Naturalmente, encontra sempre uma forma de depreciar, de desvalorizar. E é dramático porque não há forma de agradar a um invejoso – a não ser apagando-se. O impulso e o comportamento de quem inveja, é de querer retirar ou estragar o que é desejável – e, bem vistas as coisas, é do outro.
 
Sendo um dos elementos da natureza humana, a inveja rodeia-nos, sempre disfarçada por sorrisos hipócritas. E sente-se o gozo dos que a praticam todos os dias."
Retirado de: http://www.fontedeluz.com
publicado por Sancha às 14:14

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 24 de Abril de 2009

Fisica Quantica

Quanto mais leio sobre quantica, mais gosto!!

publicado por Sancha às 00:09

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Terça-feira, 21 de Abril de 2009

Bizarro

Há pessoas com taras que não passam pela cabeça de ninguem!! Há uns dias que ando mais ou menos chocada com umas imagens que mostram o passo-a-passo de Operação Caseira de Mudança de Sexo!! Digo-vos é impressionante!

Não posso mostrar aqui, nem quero, mas farto-me de pensar o que levará uma pessoa a um acto tão cruel?! E pelo jeito já não deve ser novidade!!! Epá...até super-cola é aplicada! Até causa arrepios...

Gente maluca............só pode!

 

Gosto de ver tudo e mais alguma coisa, depois ando enjoada....é como ver as fotos do Michael Jackson: degradante! Agora parece um monstro, horrivel!! Acho que já conta 15 cirurgias ao nariz....valeu bem o esforço!!

publicado por Sancha às 22:19

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 19 de Abril de 2009

De regresso

Estive um tempo ausente, tinha perdido o acesso aos serviços do Sapo, só agora me resolveram o problema!

 

Mas cá estou e apesar de haver muitas coisas novas, neste momento não me apetece falar nos assuntos...

 

Apenas estou a escrever para justificar a minha ausencia.

 

 

publicado por Sancha às 21:34

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 2 de Abril de 2009

Ser mãe exigente

Hoje na hora de almoço o meu filho refilou, resmungou, chorou e sei lá quantas mais coisas...E porquê? Porque a mamã logo de manhã lhe disse que queria o quarto arrumado, pois a roupa suja vai-se acumulando atrás da porta e outras peças por lá espalhadas, mais umas mantinhas que lhe fizeram jeito há uns dias e etc...Uma desarrumação!!

Cheguei a casa e levei o DVD que ele me tinha pedido para ver, mas quando cheguei lá acima ao quarto....não houve DVD sem antes o quarto estar arrumado! Foi este o motivo de tanta raiva...

A cama foi feita umas 3 vezes! Não lhe apetecia ter trabalho e acabou por ter mais!

Ele já devia saber que estas atitudes só pioram, então aproveitei e comecei a separar a roupa passada para ele arrumar....Estava o rapaz com os nervos a saltar-lhe pelos cabelos! Acabou e perguntou se já podia pôr o DVD, mas eu respondi que ainda não, antes disso queria todos os Cd´s e Dvd´s arrumados, porque ele tinha estado na sala á procura dum filme e deixou tudo espalhado....Depois de muito soprar arrumou tudo e perguntou "mais alguma coisa?" e eu respondi que sim mas que não era para hoje....

Sentou-se e ficou muito satisfeito a ver o filme, já houve beijinhos e palavras meigas...

 

É preciso ter uma paciência muito grande para levar avante as ordens mesmo que debaixo de grandes birras, na verdade acaba sempre por ser compensado com um bem-estar e eu com a satisfação dele!! Mas por vezes custava menos fazer eu as coisas e não me chatear...mas não pode ser!!

sinto-me: Compensada pelo esforço
publicado por Sancha às 14:55

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Coisas de pai e mãe

 

Há dias assim...
Por muito que eu gostasse de manter um relacionamento amigável com o pai do meu filho, não consigo! Já me enganou demasiadas vezes e já não consigo acreditar nem em 3% do que me diz, o que mesmo assim já é um crédito considerável se tiver em conta as atitudes...
Se durante alguns anos consegui manter o tal relacionamento, foi porque fui fechando os olhos a demasiadas coisas, pensando que estava a fazer o melhor pelo meu filho...No fundo acho que sim, que foi o melhor pelo meu filho, as crianças sofrem demasiado com as atitudes dos pais, mas o meu filho teve estes anos de crescimento em que podia estar com os dois pais (mãe e pai) juntos, muitas vezes jantámos juntos, e até podíamos estar juntos nas actividades do nosso filho. Agora não consigo...não me apetece nem ouvi-lo...quanto mais vê-lo!!
Ontem, mais um telefonema...mais uma discussão...A afirmação dele: ele (o Jaime) não gasta 320€ por mês!! Esta é a ideia do super-pai para não pagar o que está acordado e registado no Tribunal de Menores. Para ele pagar 160€ é um valor exagerado!! Estou a pensar em ir viver para baixo da ponte, assim talvez 320€ cheguem para cobrir as despesas, pede-se mais uma esmolinha aqui outra ali...O pai é que não se pode esforçar mais, isso não! Trabalho é uma coisa muito má...! A mamã trabalha 6 dias por semana e chega bem para sustentar o filho...Ahh sim, se a mãe comprou uma máquina de Lavar Louça é porque está a viver muito bem!!
Pois é, o meu filho tem de pensar em fazer dieta! Deixar de ter o seu belo yogurte, e pãozinho: só com manteiga...as sandochas mistas custam muitos €€ e não pode ser!
 
È uma pena que haja pais tão egoistas, tão egocentristas, tão apalermadamente estúpidos, pondo em causa o bem estar dos seus filhos porque acham que a mãe lhes está a sacar os €€ para seu bel-prazer, fazem as contas só ao alimento dos filhos, esquecem as condições em que vivem, o conforto, a higiene, a educação e as vezes que a mãe falta ao trabalho para assistir na doença, reuniões da escola, etc...
Isso não conta! O dinheiro que a mãe deixa de receber para assistir ao filho em alturas especiais não conta! O aquecimento no quarto não conta! Nada conta...só o dinheiro que o pai “dá” é que conta!
Assim este paizinho continua a não pagar o que deve e a conta está de novo a crescer como se eu fosse um banco de crédito!! Quer a declaração do valor que me pagou...e eu quero o que me deve....Este é o nosso braço de ferro...
 
Ontem disse-me: dá-me a declaração que eu pago-te!!
 
E eu sou a Fadinha-dos-Dentinhos!!!
 
E este ano o nosso filho vai para o EB2, as despesas vão aumentar! E quem tem de ter sempre?! – A mãe!! Para a mãe, haja o que houver, tem sempre para dar ao filho...já o pai...este mês não...o outro não sabe....
 
Desculpem o desabafo mas estou tão farta destas atitudes que breve vomito só de pensar...
 

Ele ( o pai) vem cá ler umas coisas, e não me estou a beneficiar nada, mas não posso chatear mais algumas pessoas com isto...e já não aguento mais com isto!

publicado por Sancha às 13:31

link do post | comentar | favorito
|

*Música que gosto




MusicPlaylist
MySpace Playlist at MixPod.com



:

Sancha


Blog do Jaime

*posts recentes

* Gatos, gatos a mais...

* Saudades

* Fim de semana XXL

* Estamos em crise...nem to...

* Hoje assinei algumas peti...

* Filhote meu tesouro...

* Sempre lutar e acreditar

* Lutas judiciais

* Adaptação

* Os meus dias

* Novidades

* Expectativas

* Domingos...dias de descan...

* Filhos...

* Respeito pelos animais

* Fomeca

* Palavras de vida

* Frio e coragem

* Alertas e significados

* Amor...que mais?? (Prepa...

* De pequenino....

* Thanks

* 2010

* Natal...

* Gemeos ...

* Os animais não têm inteli...

* Fim-de-semana

* Revolta minha...

* Velhice?

* A gripe em minha casa a r...

*arquivos

* Julho 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* Fevereiro 2009

* Janeiro 2009

* Dezembro 2008

* Novembro 2008

* Outubro 2008

* Setembro 2008

* Agosto 2008

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2008

* Março 2008

* Fevereiro 2008

* Janeiro 2008

* Dezembro 2007

* Novembro 2007

* Setembro 2007

* Agosto 2007

* Julho 2007

* Junho 2007

* Maio 2007

* Abril 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

* Janeiro 2007

* Dezembro 2006

* Novembro 2006

* Outubro 2006

* Setembro 2006

* Agosto 2006

* Julho 2006

* Junho 2006

* Maio 2006

* Abril 2006

* Março 2006

* Fevereiro 2006

*links

*Meu e-mail

=" e-mail não aparece publicado

*Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Locations of visitors to this page

*pesquisar

 

*mais sobre mim

*subscrever feeds